sexo gratis sexo

InvestNE - "O seu portal de investimento e informações do nordeste".

Pesquisar

Pesquisar


Tamanho da Fonte

Domingo, 23 de novembro de 2014

Hotnews

< Playback Play >

Maranhão pretende criar modelo de iluminação pública com lâmpadas LED

Écrit par Redação
Mardi, 10 Janvier 2012 11:48
Imprimer PDF Envoyer
There are no translations available.

Medida pode resultar em redução de até 60% do consumo de energia

 


O secretário de Estado de Minas e Energia, Ricardo Guterres, e o presidente da Associação Brasileira das Empresas de Energias Renováveis (Abeer), Antonio Granadeiro, firmaram acordo visando instalar no Maranhão um modelo de iluminação pública com lâmpadas LED, que reduzem em 60% o consumo de energia se comparadas as mais utilizadas hoje. O local de instalação ainda será definido e o modelo norteará um programa de iluminação pública que a governadora Roseana Sarney oferecerá aos municípios.

 

A reunião que selou o acordo aconteceu na última segunda-feira (9) na sede da Secretaria de Estado de Minas e Energia (Seme), em São Luís. Teve a participação de empresários nacionais integrantes da Abeer e técnicos da secretária. “A proposta é muito importante, pois servirá de padrão aos municípios, que ficarão, agora, responsáveis pelo serviço de iluminação pública”, explicou Ricardo Guterres.

 

A Abeer reúne as principais empresas que atuam na área de energias renováveis (solar e eólica). Dessas, três desenvolvem atividades no Maranhão: Guascor e ETE, na área de energia elétrica, e Kyocera, no setor de energia solar. “O momento, no Maranhão, é propício para mais investimentos e outros empresários estão apostando nas oportunidades de gerar riquezas e empregos neste estado”, afirmou Antonio Granadeiro.

 

Ele disse que a Associação tem interesse em firmar parcerias com o Governo do Estado. “Como são as prefeituras que estarão encarregadas da iluminação pública, o Governo do Estado e a Abeer podem apresentar uma proposta mais barata e viável”, informou.

 

A Lâmpada conhecida como LED (do ingês Light Emitting Diode), além de oferecer baixo consumo de energia, tem altíssima durabilidade.  São livres de raios ultravioletas, não desbotam as cores, não atraem insetos e não deterioram alimentos.

 

O presidente da associação afirmou que o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, está visivelmente interessado, ainda este ano, em investir em energia solar.

 

Antonio Granadeiro disse que a tendência são as empresas privadas instalarem sistemas isolados de geração de energia em locais públicos, como estádios e venderem os serviços para as concessionárias operadoras nos estados. Esta forma de gerenciamento já está sendo instalada em estádios como o Maracanã, no Rio de Janeiro, e os de Brasília, Belo Horizonte e Fortaleza. Pode ser aplicada em praças, pontes, parques, prédios públicos, entre outros locais.

 

Os sistemas isolados de geração de energia para atender a demanda pública, de acordo com Antonio Granadeiro, também são alternativas para o Programa Luz para Todos atender a comunidades isoladas, como as ilhas localizadas ao longo da costa maranhense.    

Add your comment

Your name:
Your email:
Seu estado: Your website:
Titre:
Comment:

Notícias em Destaque


Rua Dr. José Lourenço, 870 - Salas 505 a 508 - Edifício Consorte
Aldeota - Fortaleza/CE
CEP: 60.115-280
Fone ( 85) 3088.5504 / Fax ( 85) 3133.7751
comercial@investne.com.br
luizcarlos@investne.com.br

Fim da Página