sexo gratis sexo

InvestNE - "O seu portal de investimento e informações do nordeste".

Pesquisar

Pesquisar


Tamanho da Fonte

Quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Hotnews

< Playback Play >

III Semana da Consciência Negra começa nesta segunda-feira em Horizonte (CE)

Escrito por Redação
Viernes 13 de Noviembre de 2009 11:54
Imprimir PDF Correo electrónico
There are no translations available.

Semana pretende promover reflexão sobre inserção do negro na sociedade, incentivando políticas de ações de igualdade racial

 


 
Na próxima sexta-feira (20), o Brasil comemora o Dia da Consciência Negra. Para celebrar a data e ressaltar a importância da influência africana na construção cultural brasileira, o município de Horizonte (CE) promove a III Semana Municipal da Consciência Negra, que acontece entre os dias 16 e 20 de novembro. Todas as atividades serão abertas ao público.

 
A semana também pretende promover uma reflexão sobre a inserção do negro na sociedade, incentivando políticas de ações de igualdade racial. Entre as principais atividades estão apresentações artísticas, blitz educativa, mostra de artes plásticas e literatura que valorizam a cultura afrobrasileira.

 
A abertura da Semana acontece na próxima segunda-feira (16), na Escola Maria Pinheiro, em Tabuleiro. No dia seguinte (17), as atividades ocorrem na Escola João Antônio da Silva, no Catolé. Na quarta-feira (18), é a vez das escolas Raimunda Duarte Teixeira, Maria Luiza e José Eduardo, todas localizadas na sede de Horizonte. No dia 19, as atividades concentram-se na Escola Olímpio Nogueira Lopes, em Queimadas. Sempre de 13h às 16h.

 
Ainda na quarta-feira (18), das 14h às 18h, será realizada uma blitz educativa com o tema “Sinalizando para o Exercício da Cidadania Multicultural em Horizonte”. Os estudantes do Centro de Educação de Jovens e Adultos (Cejah), em parceria com o Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) de Horizonte, irão distribuir informativos com o objetivo de incentivar a valorização da Cultura Afrobrasileira, fazendo com que a população reflita sobre a contribuição desta etnia e a efetiva participação do negro na sociedade. A blitz será realizada em frente à sede do Cejah.

 
O encerramento da III Semana Municipal da Consciência Negra irá ocorrer na sexta-feira (20), no Centro Cultural Tasso Jereissati. A partir das 13h, terão início apresentações artísticas e culturais de grupos do município, incluindo os bailarinos da Academia de Artes Vania Dutra e a Associação dos Remanescentes de Quilombos de Horizonte. O grupo Afoxé Acabaça, de Fortaleza, também promete animar o público presente.

 
Na ocasião, acontecerá a III Mostra Municipal de História, Arte e Cultura Afrobrasileira, reunindo os melhores trabalhos sobre o tema elaborados pelos estudantes da rede pública. Os trabalhos apresentados na Semana estão sendo produzidos por alunos e professores do Ensino fundamental II (6° ao 9° ano). As atividades fazem parte do projeto História e Cultura Afrobrasileira e Africana, vinculado a disciplina de História.

 
Comunidade Quilombola de Alto Alegre
Segundo relatam moradores mais antigos da região, a história da comunidade surgiu com a fuga do escravo Negro Cazuza de um navio ancorado na Barra do Ceará, no final do século XIX, seguindo em direção ao interior do Estado. Alguns dias depois, chegou em Alto Alegre, onde firmou raízes. Seus descendentes foram, então, povoando a área e, atualmente, as famílias já são a quinta geração de quilombolas vivendo na região.

 
A luta pelo reconhecimento teve início em 2003, a partir de decreto, que determinou a identificação e demarcação e registro das terras ocupadas por remanescentes das comunidades dos quilombos, prevista na Constituição.

 
Considerada uma das mais importantes partes da identidade antropológica do município, a comunidade teve seu reconhecimento formal em maio de 2005, quando foi considerada remanescente dos Quilombos pela Fundação Palmares. O documento agora ocupa lugar de destaque na sala principal da Associação dos Remanescentes de Quilombos (Arqua), fundada em maio de 2005, que reúne a história da comunidade, onde são realizados cursos e oficinas de conscientização, arte e cultura.

 
A comunidade tem mais de 500 famílias e as heranças da cultura negra presente em Horizonte estão por toda parte. A valorização da cultura negra é reforçada com projetos de resgate da cultura, cidadania e inclusão social. Os projetos também chegam aos professores da Rede Municipal de Ensino, que levam o conhecimento para o dia a dia das salas de aula. Destaque também para a produção de peças artesanais e para o grupo de capoeira da comunidade.

Add your comment

Your name:
Your email:
Seu estado: Your website:
Título:
Comment:

Notícias em Destaque


Rua Dr. José Lourenço, 870 - Salas 505 a 508 - Edifício Consorte
Aldeota - Fortaleza/CE
CEP: 60.115-280
Fone ( 85) 3088.5504 / Fax ( 85) 3133.7751
comercial@investne.com.br
luizcarlos@investne.com.br

Fim da Página